Precificação dinâmica na Logística: por que automatizar?

Em mercados voláteis como o brasileiro, a precificação dinâmica é a alternativa para aumentar o lucro e manter a competitividade das empresas.

Para se destacarem, portanto, as empresas precisam vencer os desafios da gestão de preço

Afinal, no mercado atual de concorrência acirrada, além de agilidade, qualidade e reputação, as companhias precisam também ter preços competitivos.

Neste post, vamos tratar especificamente do setor logístico, marcado pela complexidade do seu processo de precificação. 

Com esta leitura, você vai entender por que a automatização é o melhor caminho para o sucesso dessas empresas. 

Aproveite!

Precificação dinâmica: o que significa?

Em linhas gerais, precificação dinâmica é quando uma empresa altera sua estratégia de composição de preço de produtos ou serviços para atender à demanda e à oferta.

Ou seja, ela deixa de ofertar um preço fixo e passa a contar com uma faixa de preço, que varia de acordo com o mercado e o nível de demanda.

Dessa forma, essa estratégia considera alguns fatores e variáveis que podem mudar a qualquer momento. Saiba quais são:

  • Equilíbrio entre oferta e demanda do momento atual;
  • Sazonalidade, oscilações do mercado;
  • Cenário econômico;
  • Comportamento do consumidor;
  • Reajustes de preço de fornecedores;
  • Preço praticado pela concorrência e
  • Política interna de preços, gastos e despesas.

Assim, o pricing dinâmico tem por finalidade permitir que as empresas se adaptem rapidamente ao mercado e de forma competitiva.

Segundo a Forbes, empresas de ponta do mundo digital, que estão à frente da concorrência como Amazon, Uber e Airbnb, utilizam a precificação dinâmica.

Dessa forma, além da Logística, esse tipo de estratégia pode ser aplicada em diversos setores da economia, escalando os resultados dos negócios.

A seguir, entenda a importância de contar com uma estratégia de precificação dinâmica automatizada no setor logístico.

Por que é importante ter uma estratégia de precificação dinâmica automatizada na Logística?

Atualmente, precificação e tecnologia caminham juntas. 

Sendo a Logística um dos setores mais impactados pela quarta revolução industrial ou Indústria 4.0, a área precisa implementar soluções inovadoras para alcançar a modernização e os resultados esperados. 

Um sistema automatizado de precificação dinâmica, por exemplo, trabalha com parâmetros previamente definidos, a partir das políticas de regras de negócios de cada empresa.

O seu objetivo é acelerar a gestão de preço frente ao contexto do mercado. Quem sai na frente, lucra mais, não é mesmo?

Essa é a ideia: fazer com que a sua empresa se destaque no mercado, com agilidade e segurança nesse complexo processo decisório que envolve a precificação.

No próximo tópico, você vai saber quais são os principais benefícios da precificação dinâmica.

Vantagens do sistema de gestão de preços para o seu negócio

Saiba quais são as vantagens de contar com um sistema de precificação dinâmica para a sua empresa.

Acompanhar de perto a concorrência

Acompanhar a concorrência de forma ágil permite criar diferenciais atrativos para o seu negócio.

Além disso, sua empresa poderá se preparar melhor para aproveitar oportunidades ou enfrentar desafios.

Novas oportunidades para criar demandas

Ao reduzir estrategicamente o preço de um serviço logístico para uma região específica, por exemplo, existe a possibilidade de novos consumidores ou clientes se sentirem atraídos por essa oferta. Como resultado: você terá mais vendas.

Insights para entender o comportamento do consumidor

Com a precificação dinâmica automatizada, fica mais fácil entender o comportamento do consumidor, identificando, por exemplo, os tipos de promoções que mais dão resultado, os produtos que mais saem, entre outras análises.

Com isso, você também garante a satisfação do cliente, uma vez que poderá ofertar serviços personalizados.

Maximização de resultados

Com o processo de precificação dinâmica apontando à alta de uma demanda específica, por exemplo, o aumento de preço vai elevar sua margem de lucro.

A seguir, conheça o desafio da precificação na Logística.

Precificação na Logística: Como funciona?

Certamente, você já sabe que a precificação de serviços logísticos não consiste apenas em fazer uma avaliação dos custos da operação e da margem de lucro esperada, não é mesmo?

Hoje, é preciso ir além dos custos e das estimativas de preço: é essencial traçar um retrato completo do mercado, incluindo análises de preços praticados pela concorrência e análises das demandas de clientes. 

Ou seja, os interesses dos clientes e os valores praticados pelos concorrentes também estão em jogo.

E ainda: calcular o peso da mercadoria, a distância, o pedágio, o prazo de entrega…

Por isso, com tantas variáveis, elaborar a tabela de frete da sua transportadora ainda é um grande desafio, não é mesmo? 

Mas a boa notícia é que existe um caminho mais fácil, rápido e seguro, para vencer essa questão. É o que vamos te mostrar a seguir com a solução Abaccus Decision.


Conheça a solução que a apoia a precificação automatizada na Logística

Como vimos, o processo de precificação na logística é formado a partir de diversas combinações.

Com o Abaccus Decision, nosso motor de regras e cálculos, essas variáveis combinadas às regras de negócio, geram tomadas de decisão mais rápidas e eficientes.

Assim, você terá modelos decisórios que garantem uma precificação mais ágil e segmentada.

A solução possibilita a construção dos seus modelos de preços com inúmeras combinações para diversos produtos ou serviços.

Dessa forma, sua empresa consegue criar ofertas e atender rapidamente às necessidades do mercado e dos clientes

 Agora que você já sabe a importância da precificação dinâmica para ter preços mais competitivos, obtendo mais lucratividade, acesse o link e teste a nossa solução Abaccus Decision: https://abaccus.com.br/

Ou, se preferir, tire as suas dúvidas agora mesmo com um de nossos especialistas, acessando: https://abaccus.com.br/contato/

Se você gostou deste conteúdo, você também vai gostar de ler sobre segmentação de clientes e a precificação no varejo.