5 motivos para automatizar a sua regra de negócio

Automatizar as regras de negócio é uma estratégia fundamental para garantir a competitividade e criar diferenciais para sua empresa. Elas compõem, de forma efetiva, os processos que geram as tomadas de decisões em uma organização. Por isso, são verdadeiros ativos de uma empresa, que desenvolvem um modelo único de realização das suas atividades.

Por serem tão importantes nas estratégias de um negócio, as regras e cálculos exigem um trabalho de gestão muito complexo. Sua criação, atualização e integração com os sistemas da empresa dependem de uma metodologia. Por isso é importante considerar a automatização por meio de Sistemas de Gerenciamento de Regras de Negócio (BRMS), por exemplo.

Trouxemos 5 motivos que vão te convencer a automatizar as regras de negócio em sua empresa e gerar tomadas de decisão com mais agilidade e eficiência! Vamos lá?

1- Obter a visualização adequada das regras para uma gestão eficiente

Um dos principais e mais primários erros na gestão das regras de negócio é a desorganização. Em muitas empresas, elas ficam espalhadas em diferentes sistemas, planilhas e arquivos. É a forma mais inadequada possível de se gerenciar um ativo.

Dessa forma, muitos gestores têm dificuldades para visualizar as regras de negócio, e consequentemente saber seus impactos na operação da empresa. A ,automatização de regras e cálculos, via tecnologia de decision management, é uma das opções para corrigir esse erro!

Ferramentas BRMS garantem, entre outros aspectos, um repositório único para as regras de negócio de um empreendimento. Com tudo integrado em apenas um sistema, é possível fazer a gestão adequada desses ativos.

Portanto, parte do processo de automatização é ter o controle das regras primordiais para os processos decisórios. Com todos esses dados centralizados em apenas um sistema, o conhecimento se torna mais tangível e melhora a produtividade nos negócios.

A análise desse conjunto de regras ajuda a entender como os cálculos e processos impactam na inteligência competitiva e nas decisões da empresa.

2- Simplificação de processos complexos e agilidade na operação

Agora você já entendeu a importância de automatizar a documentação e a visualização das regras de negócio. É hora, então, de conhecer outros benefícios da automatização da gestão de regras e cálculos.

No varejo, por exemplo, as regras de negócio são fundamentais para tomar decisões em processos como a precificação. O preço pode variar conforme o canal de venda, a região, as estratégias da concorrência ou promoções. São inúmeros produtos e variáveis que exigem modelos de cálculos complexos. Não é uma tarefa nada fácil!

Entretanto, a automatização das regras de negócio simplifica todo esse processo. Sistemas de gerenciamento de regras são organismos vivos, que trabalham para que fórmulas, políticas e normas sejam convertidas em decisões assertivas.

Ferramentas BRMS ainda se destacam pela granularidade. Ou seja, elas são eficientes para a necessidade de se criar regras com o nível máximo de especificidade. Esse ganho seria impossível sem automatização.

Então, ao automatizar a gestão das regras de negócio em seu empreendimento, é possível transformar problemas complexos em ,tomadas de decisões consistentes e em grande escala!

3- Autonomia para a área de negócios gerar as regras e cálculos

Um dos grandes obstáculos que as empresas têm na gestão de suas regras de negócio é a extrema dependência do TI e/ou fornecedores externos. Isso resulta em alguns problemas, como a demora na entrega dos projetos, custos elevados, erros e incoerências em relação às demandas da organização.

Contudo, a automatização via ferramenta de decision management oferece outra abordagem para as empresas: dar autonomia para a área de negócios criar as soluções necessárias e desenvolver suas próprias regras de negócio!

Isso é possível por meio do ,Low Code. Essa linguagem de código aberto permite que, mesmo profissionais sem conhecimentos avançados em programação, gerenciem as regras de negócio da empresa.

Com a equipe de negócios ativa no gerenciamento de regras e cálculos é possível garantir decisões mais alinhadas com o time to market de oportunidades.

Ao automatizar a regra de negócio, maximizar a produtividade de TI é mais factível. O departamento pode focar em outras demandas operacionais importantes e sobretudo na evolução tecnológica da instituição!

4- Facilidades na alteração das regras de negócio e demandas de migração

Outro aspecto crucial na gestão das regras de negócio é a necessidade constante de atualizações. Isso acontece porque mudanças são inerentes à realidade das empresas.

Marcos regulatórios, novas ofertas de produtos, alterações de preços no mercado… As fontes de metamorfoses são inúmeras e elas afetam diretamente as regras de negócio!

Portanto, é necessário garantir a atualização delas com agilidade e eficácia. Códigos-fontes precisam ser atualizados e reescritos, uma tarefa muito complexa para ser realizada manualmente, e claro, demorada demais, além de muito cara, para depender exclusivamente do TI ou terceirizados.

Um bom ,sistema BRMS, aliado à plataforma Low Code, facilita esse processo de alterações, além de assegurar testes e simulações rápidas. As melhores plataformas do mercado oferecem históricos e trilhas de alteração, que dão segurança ao processo.

Além de mudanças nos códigos e atualizações nas regras e cálculos, a automatização traz outra vantagem. Com a tecnologia de decision management, a equipe pode migrar as regras de negócio e exportar variáveis conforme a demanda!

5- Otimização da inteligência competitiva e fornecimento de soluções para parceiros

Ao longo do texto, percebemos que, quando falamos em automatizar a gestão das regras de negócio, um ponto crucial é transformar as regras e cálculos em um ativo da empresa, otimizando sua inteligência competitiva.

Neste sentido, um fator de destaque é a integração entre os setores, seus processos operacionais e a forma com que as decisões são tomadas. Reduzir o time to market é outra grande vantagem de processar decisões mais ágeis, flexíveis e eficientes!

Com um sistema BRMS, é possível conhecer todas as variáveis que compõem as tomadas de decisão. A empresa passa a contar com seu próprio catálogo de APIs de negócio. Isso faz com que ela tenha uma maior capacidade de escalar os processos e garantir soluções cada vez melhores e mais duradouras.

Plataformas de gerenciamento de regras de negócio contam com atributos essenciais para a inteligência competitiva de uma empresa. Regras são facilmente rastreadas entregando agilidade na correção de erros ou em mudanças de rota.

Outro benefício dessa abordagem é a possibilidade de fornecer inteligência de negócios para os diferentes setores da empresa e, inclusive, para instituições parceiras!

Agora você já tem motivos de sobra para automatizar as regras de negócio em sua empresa. Também tem como objetivo crescer sua loja virtual? Leia, no blog, um ,texto com dicas valiosas para otimizar a tomada de decisões na gestão do e-commerce!