Você sabe o que é inteligência de negócios? Entenda esse conceito!

A busca constante por desenvolver processos de gestão é crucial para o sucesso de uma empresa. Executivos e colaboradores trabalham para agregar novas oportunidades e vantagens competitivas. Neste sentido, a inteligência de negócios, ou business intelligence (BI) é um conceito cada vez mais discutido e aplicado no mundo corporativo.

O BI é um conceito que passa pelo registro e análise de dados para melhorar a tomada de decisão, gerar novos produtos, aumentar a competitividade e ,garantir o sucesso do cliente.

Neste texto, você saberá exatamente o que é inteligência de negócios, além de compreender como ela funciona e o que é necessário para implementar em uma organização. Boa leitura!

Entenda o que é inteligência de negócios

Inteligência de negócios é um conceito que engloba uma série de processos e ferramentas usadas com um objetivo: transformar dados em informações. A grande questão é o caminho percorrido para alcançar esse objetivo, que pode trazer inúmeros benefícios para um empreendimento!

A fonte de riqueza do BI são as próprias operações e transações da empresa. Elas geram dados e registros brutos que, por sua vez, podem ser transformados em informações ricas, usadas para otimizar a tomada de decisão na gestão do negócio.

Se cada processo operacional de uma organização pode gerar informações, esses mesmos processos podem ser otimizados e novas soluções descobertas. Isso é inteligência de negócios: uma busca constante pela otimização operacional e de gestão a partir dos dados.

Transformar dados em informações, para depois gerar decisões assertivas em um negócio é muito vantajoso. Mas, para que a inteligência de negócios passe do conceito à prática em um empreendimento, é necessário seguir alguns passos.

A seguir, você vai entender como o BI funciona!

A aplicação do BI em uma empresa

Identificar um problema que acontece em uma empresa pode ser um processo simples. Entender esse problema, contudo, não é uma tarefa nada fácil. A aplicação da inteligência de negócios em uma organização pode ser compreendida a partir desse exemplo: reunir dados e interpretá-los para otimizar a operação do empreendimento.

Problemas na gestão de um negócio podem ter diversos motivos, o que dificulta a análise e consequentemente a solução. Na lógica do BI, esses possíveis motivos funcionam como variáveis, que podem ser interpretadas a partir dos dados!

Modelos de decisão utilizam esses dados, que são aplicados às ,regras de negócio das empresas, para apontar os caminhos que devem ser seguidos.

Os principais benefícios da inteligência de negócios

O BI oferece outros diversos benefícios além de obter mais precisão e assertividade na correção dos processos. Um dos principais, inclusive, é minimizar as chances de erros, o que reduz os riscos e evita desperdícios na gestão.

Além disso, a análise constante de dados favorece um melhor conhecimento da empresa. Dessa forma, a gestão passa a ser mais pautada em informações concretas e menos guiada por suposições, no modo automático!

Essa abordagem garante uma série de vantagens estratégicas para um negócio. Com informações úteis em mãos, a tomada de decisão se torna muito mais assertiva. Assim, os recursos são potencializados e novas oportunidades de negócio podem surgir.

Isso acontece porque, outro benefício do business intelligence, é aumentar, também, o conhecimento sobre os clientes. A organização conhece novas possibilidades de negócio e formas mais eficientes de atuar no mercado.

O próprio gerenciamento de dados é mais completo, com agilidade e maior capacidade de controle. A ,tecnologia permite que as informações sejam acessadas e compartilhadas com mais rapidez. Além disso, é possível acompanhar o funcionamento de tudo em tempo real.

Por fim, as estratégias e ferramentas que compõem o conceito de BI contribuem para a melhoria da experiência do cliente e dos processos internos e administrativos da empresa!

Caminhos para a implementação do BI

Os benefícios do BI são atrativos, no entanto, é indispensável saber o que é necessário para implementar esse conceito em uma organização.

Além do mais, a inteligência de negócios trabalha com o processamento de dados. Eles precisam ser coletados, armazenados e depois interpretados para gerar soluções. Portanto, sua aplicação em uma empresa precisa passar por um investimento em tecnologia. É possível dizer que o BI não existe sem ferramentas tecnológicas vitais!

A integração da inteligência de negócios com o ERP (Enterprise Resource Planning) é um aspecto indispensável. Com o ERP, os dados podem ser gerenciados e visualizados em tempo real, com uma velocidade que assegura vantagens competitivas.

As informações ainda ficam disponíveis para diferentes setores, promovendo uma integração dos benefícios adquiridos pelo acesso aos dados. O ERP também garante a automatização das tarefas e processos de trabalho.

Outra ferramenta de destaque, quando se fala em inteligência de negócios, é o BRMS (Business Rule Management Systems). Por meio de uma interface ,Low Code, ele oferece autonomia para a equipe de negócios identificar falhas e criar soluções para os processos nos quais são os tomadores de decisão. Tudo isso sem depender do departamento de TI ou de fornecedores externos, que atuam com programação.

O BRMS é um sistema se destaca por utilizar dados e aplicá-los nos modelos de decisão. Ele complementa os registros e transações do ERP e as análises e conclusões de sistemas de BI tornando possível para as áreas de negócio a gestão das variáveis para melhorar seus resultados. Assim, os processos se tornam mais ágeis, com menos erros e mais assertividade.

Agora você já sabe o que é inteligência de negócios, como ela funciona e quais são os principais passos para aplicar em uma empresa. Deixe suas impressões sobre o texto e o compartilhe nas redes sociais para que o assunto seja cada vez mais difundido!

Aproveite e siga a Abaccus nas redes sociais, estamos presentes no ,Instagram,, Facebook e ,Linkedin.